Header Ads

Chrno Crusade

Rosette se une a um demônio enfraquecido para encontrar o irmão desaparecido. Entretanto, cada vez que Chrno usa seus poderes, o tempo de vida de Rosette diminui.

Mídia: anime
Exibição: 2003 - 2004
Episódios: 24
Estúdio: Gonzo
Demografia: Shounen
Gêneros: Drama, Ação, Sobrenatural

Sinopse: A história se passa em New York, 1928. O grande desenvolvimento econômico dos EUA faz com que a ganância domine cada vez mais seres humanos, este se torna um ambiente ideal para os demônios fazerem suas maldades: enquanto fingem ajudar os humanos, se utilizam destes para os seus próprios objetivos. Para combatê-los, existe a Ordem de Magdalene, formada por padres e freiras exorcistas. Nesse ambiente, vive Rosette Christopher, uma jovem freira que busca seu irmão desaparecido. Ela é auxiliada por Chrno, um demônio com quem a jovem faz um pacto. Ele o ajudaria a recuperar seu irmão em troca de parte da vida dela, assim, toda vez que Chrno usa seus poderes, o tempo de vida de Rosette diminui.

Comentários: Muitos animes e mangás trazem assuntos religiosos, mas Chrno Crusade tenta se manter o mais fiel a visão ocidental da religião. Questões como Deus e o Diabo, apóstolos, exorcismos são tratados na trama com detalhes e embasamento, mas o foco fica mesmo na busca de Rosette pelo irmão e sua relação com Chrno.

Rosette é uma garota alegre, mas é possível ver toda a dor e culpa que ela carrega pela perda do irmão. Afinal, foi ela quem libertou Chrno e acabou atraindo a atenção de Aion, que reconheceu Joshua como um apóstolo e o sequestrou. Todos os ressentimentos e medos da personagem são mostrados sem vergonha, mas isso não desmerece a coragem e força da protagonista.

Chrno também passa por problemas similares a Rosette, é um demônio sem poderes plenos, com um passado triste e diretamente ligado a Aion. Há culpa pelo pacto, pelos sentimentos que passa a nutrir por ela, pelo fracasso de não conseguir ajudá-la a reencontrar o irmão. Mas apesar de tudo, ele se mantem firme ao lado da moça.

O anime não traz uma gama muito grande de personagens, o que acaba sendo um ponto positivo, já que todos acabam recebendo destaque e tendo suas histórias exploradas (algumas mais, outras menos, mas de forma geral os personagens são bem complexos). O final é um dos mais tristes e emocionantes que eu já vi, daqueles de assistir com um lencinho.

A animação é boa, as músicas são bonitas, principalmente a abertura e a ambientação está caprichada. É bom ver um anime em que a história não se passe no Japão ou local fictício, ainda mais de época.

Satella e Azmaria são indispensáveis para a trama e suas histórias são muito interessantes e bem desenvolvidas, mas nada supera a química do casal principal. Para mim, a cena onde eles vão a um festival e tem uma conversa comovente no mirante local, é um dos pontos altos do anime. Chrno se culpa por consumir a vida de Rosette e promete que não vai deixá-la morrer. A cena é finalizada com um beijo (iniciativa de Rosette) e fogos de artifício. Essa cena simples consegue passar todas as emoções que a série carrega.

Vale a pena? Sim, a história, o desenvolvimento, os personagens, a trilha sonora, tudo é muito bonito e se encaixa perfeitamente. Existe uma versão em mangá, que eu li apenas alguns trechos, então não sei dizer se é melhor ou não do que o anime, mas o final, particularmente eu prefiro o do anime.

Onde encontrar: O anime pode ser encontrado online, o mangá foi licenciado pela Panini.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.