Header Ads

Ano Hana

Garoto vive vida apática até se encontrar com uma antiga amiga de infância. O problema é que a garota está morta e precisa de ajuda para fazer sua passagem.

Outros nomes: Ano Hi Mita Hana no Namae wo Bokutachi wa Mada Shiranai
Mídia: anime
Exibição: 2011
Episódios: 11
Estúdio: A-1 Pictures
Demografia: Josei
Gêneros: Drama, Sobrenatural, Slice of Life

Sinopse: Jinta Yadomi e seus amigos sempre foram muitos unidos, até o dia em Meiko Honma sofreu um acidente e acabou morrendo. Com a ausência de Menma, o grupo acabou se desfazendo e cada um seguiu seu rumo. Agora, quase no final do colegial, Jinta permanece recluso em sua casa, passando o dia jogando videogame, mas tudo muda ao reencontrar Menma, em sua forma fantasma e que deseja que seus amigos realizem seu último pedido para que finalmente possa desencarnar em paz.

Comentários: Ano Hana traz vários temas como amizade, amor, crescimento pessoal, morte, inveja, desejos, mas o foco principal está na aceitação. Não aceitação da morte, mas de si mesmos, com seus defeitos e expectativas frustradas. A história tem um ritmo lento, toda ambientação, trilha sonora e interação entre os personagens é feito de maneira delicada para que você sinta parte integrante do grupo.

O grupo e suas contrapartes crianças;

Os personagens têm personalidades distintas, dificuldades diferentes em aceitar suas condições, fantasmas a serem combatidos. As opiniões diversas, objetivos de vida e ideologias diferentes acabam aflorando quando eles precisam se reaproximar para realizar o desejo da amiga fantasma, o que acaba resultando em muitas brigas. Muita coisa do passado é desenterrada e jogada no ventilador, deixando evidente que a amizade doce e inocente da infância, nem sempre era tão inocente.

Tem momentos que você fica com raiva das ações dos personagens, eles fazem uma volta enorme para resolver situações simples, mas no final você acaba torcendo para que todos consigam recuperar a amizade e principalmente, realizarem o desejo da Menma.

Vale a pena? Sim, é uma das histórias mais bonitas e emocionantes que você verá. Os personagens são bem estruturados e mesmo tendo poucos capítulos, não há a sensação de que a história está corrida ou atropelada. Você se emociona com o andar da coisa e fica feliz pelos progressos dos personagens (mesmo que a Anjou e o Matsuyuki não terminem juntos).

Onde encontrar: Online.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.