Header Ads

1/2 Love!

Garota realiza seu sonho de entrar para seu grupo pop preferido, mas descobre que existe um grande segredo relacionado a suas musas.

Mídia: mangá
Publicação: 2010 - 2011
Volumes: 1
Autor: Kayoru
Demografia: shoujo
Gêneros: Gender Bender, Comédia

Sinopse: Akari é uma menina tímida e desajeitada que esconde o fato de ser fã da dupla feminina musical Flower, pois acha que seu estilo não combina com o tipo de garota fã da dupla. Certo dia, após insistência de sua irmã caçula, Akari acaba cantando uma música do Flower em um parque e é elogiada por dois garotos que passavam no local. Algumas semanas depois, Akari acompanha uma amiga ao show do Flower, mas acaba descobrindo que suas musas na verdade são os dois garotos que ela conheceu no parque e agora, eles querem que ela se una ao grupo como terceiro membro do Flower.
Kaoru e Yuu, como meninos, ao lado de Akari

Comentários: O mangá é bem curtinho e não tem muita profundidade, para ser sincera. O foco fica mais no fato das fãs do Flower não aceitarem Akari como terceiro membro do que qualquer coisa. Não deixa de ser uma abordagem interessante, já que é muito comum o fandom torcer o nariz para mudanças nas formações do grupo (em K-pop é muito comum, pelo menos). Mas falta algum conteúdo. Ela aceita muito facilmente se unir ao grupo e mais facilmente ainda sair dele para que Kaoru e Yuu não percam a popularidade.

Akari é a típica heroína shoujo que ninguém dá nada, mas com alguma produção vira a garota mais bonita e talentosa de Tóquio, aspecto que eu não gosto muito em qualquer tipo de obra. Enquanto ela e Yuu parecem desenvolver fortes sentimentos um pelo outro, a relação dela com Kaoru, ou mesmo a amizade entre os dois garotos não é explorada em momento algum. Aliás, o motivo pelo qual eles cantam agindo como meninas é bem bobo.

Vale a pena? De forma geral, o mangá é cheio de clichês e personagens que poderiam ser melhores trabalhados. Talvez a autora não tenha se decidido se o foco seria a fama do grupo ou o romance de Akari e Yuu, porque nenhum dos dois aspectos é bem explorado. E falar que é porque a obra é curta, já vi oneshots terem abordagens mais profundas.

Onde encontrar: Pode ser encontrado em português na Baka Neko e inglês online.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.