Header Ads

Hana Kimi

Garota se traveste como homem para ir atrás do seu ídolo em salto em altura, mas descobrir os motivos que o fizeram abandonar o esporte será bem complicado enquanto tenta esconder sua identidade.

Outros Nomes: Hanazakari no Kimi-tachi e
Mídia: mangá, 
Publicação: 1996 - 2004
Volumes: 23
Autor: Nakajo Hisaya
Demografia: shoujo
Gêneros: Comédia, Gender Bender, Romance, Drama

Sinopse: Mizuki é uma jovem japonesa que mora nos Estados Unidos e é fanática por Izumi Sano, atleta japonês de salto em altura, que repentinamente parou de competir. Disposta a descobrir o motivo e convencê-lo a voltar às competições, ela volta ao Japão, travestida como homem e passa a estudar no mesmo internato masculino que seu ídolo. Para sua sorte, ela fica no mesmo quarto que Sano, mas terá que fazer tudo para esconder sua verdadeira identidade e lidar com o gênio difícil do rapaz.

Nakato, Mizuki e Sano
Comentários: Eu conhecia Hana Kimi de tanto falarem sobre, mas não colocava muita confiança até que um dia coloquei meu preconceito de lado e fui conferir. E posso dizer que é um dos melhores gender bender que eu já li.

Achei que boa parte da história seria em torno do fato de Mizuki esconder sua verdadeira identidade, mas logo de cara Sano descobre que ela é mulher, só que fica de bico calado, colocando a dupla em dezenas de situações estranhas e constrangedoras.

Apesar de o foco ser a relação entre Mizuki e Sano, todos os outros personagens do colégio têm suas próprias histórias. Principalmente o Nakato e o Minami.

Embora o mangá seja de romance, achei que a comédia é muito mais bem desenvolvida nesse quesito. Com várias passagens bastante divertidas e nonsense. Quanto ao romance, embora bem desenvolvido, não foge do mais do mesmo dos clichês shoujo. Aliás, ainda tento encontrar a necessidade de colocar Mizuki como donzela em perigo para ser salva por Sano, já que em tese, ela é um garoto.Mas fiquei impressionada com o fato de Mizuki permanecer firme em seus sentimentos por Sano o tempo todo. Achei, por muitas vezes, que cairia naquele clichê da garota que é apaixonada pelo cara perfeito e descobre que no final ele é um idiota e fica com personagem paralelo legal (no caso, o Nakato).
Vale a pena? Sim, é um mangá muito bom, tanto no quesito romance quanto comédia. Além disso, mensagens de otimismo e superação permeiam toda a obra tornando bem completa.

Onde encontrar: Pode ser encontrado completo em português no leitor online do Toshi wa Yume.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.