Header Ads

Rayearth

 As vésperas de sua formatura, Hikaru está preocupada que nunca mais verá suas amigas e por isso pede a fada da cerejeira que elas nunca se separem. Mas não esperava que esse pedido fosse acarretar em batalhas com guerreiros de outro mundo.

Mídia: OVA
Lançamento: 1997
Episódios: 3
Estúdio: Tokyo Movie Shinsha
Demografia: Shoujo
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia

Sinopse: Hikaru, Umi e Fuu são melhores amigas que prometeram se encontrar embaixo da cerejeira da escola no último dia de aula. Depois de se formarem, cada uma irá para uma escola diferente, mas Hikaru acredita que na cerejeira exista uma fada e ela realizará seu desejo de não se separar das amigas. Enquanto isso, em um mundo chamado Cephiro, Eagle Vision deseja realizar o desejo da sua irmã e pretende invadir a Terra com seus generais e assim fazer sua irmã, a regente de Cephiro, feliz.

Nada de espadas em Rayearth, aqui elas controlam apenas
os Mashin
Comentários: O OVA é baseado no mangá Magical Knight Rayearth, mas se você assistir esperando que ele seja parecido com o mangá ou o anime pode sair bastante decepcionado. Os personagens são os mesmos, mas o desenvolvimento deles, os relacionamentos e motivações, tudo foi alterado.

A trama funciona como uma obra isolada, praticamente só os nomes e algumas situações foram tirados da fonte. A animação é bem feita e o roteiro é amarrado, mas as cenas de batalha acabam não empolgando, elas são rápidas e desinteressantes, talvez a melhorzinha seja a luta entre a Umi e o Ascot, mas mesmo assim não é nada surpreendente. Por serem apenas três episódios de 45 minutos cada, entendo que não seja muito aprofundando, mas é estranho vê-las comandar os Mashin sem ter experiência nenhuma de combate.

Algumas alterações foram bem interessante e deram gás a história, algumas não foram tão boas, mas você acaba relevando por causa do tipo de mídia. Mas a mudança de todo o plot entre Emeraud e Zagato foi bem estranha. Ela é importante para todo o desenvolvimento da história, mas eu realmente não consegui me acostumar com isso.

Vale a pena? Se você gostar de shoujo de aventura e não for um fã xiita da obra original, vale. Mas se você é fã do mangá do Clamp pode não gostar dessa versão. Eu, particularmente, não gostei muito.

Onde encontrar: Disponível para download no Asian Space.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.