Header Ads

Old Boy

Oh Dae Su é misteriosamente aprisionado por 15 anos. Do nada, ele é libertado e precisa descobrir quem o aprisionou e o porquê.

Mídia: filme
Lançamento: 2003
Demografia: seinen
Gêneros: [+18], Drama, Ação, Psicológico

Sinopse: Oh Dae Su (Choi Min Shink) é o protagonista da série, que foi raptado e mantido em cativeiro em um quarto por 15 anos sem nenhum motivo aparente. Sua única companhia era a televisão e os carcereiros que traziam sua comida. Repentinamente, seu encarceramento termina, novamente sem explicação alguma. Agora livre, Dae Su começa a investigar sobre seu rapto e buscar vingança.

Min-Do (Kang Hye Jung) e Oh Dae Su: refeição logo
após a liberdade.
Comentários: O filme começa exatamente como o mangá, contanto a prisão misteriosa de um cara. A partir desse ponto, sua vida se resume a ficar trancado em um quarto do meio, comer, ver televisão e treinar. Quando finalmente é solto, ele decide ir atrás de vingança, tentando descobrir quem o trancafiou e quais suas motivações.

Diferente do lema de vingança é um prato que se come frio, Old Boy mostra que é algo que se come bem quente, já que Oh Dae Su é obcecado por sua vingança e quanto mais descobre, mais curto é seu tempo para descobrir a verdade.

O filme consegue mesclar bem a dose de drama e ação, com exageradas doses de violência e pancadaria. Na verdade, isso acaba sendo um elemento positivo, já que o mangá é um pouco parado nesse quesito.

Quanto à conclusão do filme, é um elemento bem diferente da trama original. Mas, particularmente, eu gostei bastante. É diferente e subversivo, mas acho que faz mais sentido do que porquê de tanto ódio em um único personagem.
Vale a pena? Sim, é um filme excelente, muito bem estruturado, que embora se afaste da obra original, consegue cativar e prender a atenção.

Onde encontrar: Está disponível no Netflix.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.