Header Ads

Confession

Dois grandes amigos ficam presos em uma montanha a beira da morte. É quando um deles revela um segredo terrível que pode mudar o futuro de ambos.
Outros Nomes: Kokuhaku
Mídia: mangá
Publicação: 1998
Volumes: 1
Autor: Kawaguchi Kaiji (arte), Fukumoto Nobuyuki (roteiro)
Demografia: seinen
Gêneros: drama, psicológico

Sinopse: Asai e Ishikura perderam-se no Monte Owari, durante uma escalada. Ishikura, que está gravemente ferido e já conformado com a sua morte, confessa que matou uma pessoa no passado, mas Asai tem certeza de que eles serão socorridos.

Comentários: Admito que o traço não me é muito atraente e que eu demorei muito para começar a ler, mas apesar dessa relutância, a história é muito boa.

Tudo começa com essa bendita confissão. Mas o assassinato não é de uma pessoa qualquer, mas Sayuri, uma garota que costumava praticar escalada com os dois. Asai fica aterrorizado, mas nessa hora ele encontra uma cabana abandonada e consegue levar o amigo para dentro. Com ambos se recuperando lentamente e a possibilidade de Ishikura sobreviver, o terror em Asai aumenta a cada minuto que passa, porque agora ele sabe seu terrível segredo. Um segredo que deve morrer ali naquela montanha, com um dos dois. Então um monstruoso jogo psicológico tem início.

O trunfo do mangá é construir uma tensa história que mistura drama com uma pitada de thriller psicológico. Já que no começo a amizade entre Asai e Ishikura é mostrada de maneira simples, entretanto, conforme a trama avança e ficamos sabendo mais sobre eles, descobrimos que as coisas não são tão floridas e fofas como parece.

Presos dentro da cabana começa um jogo psicológico, já que agora Asai carrega o segredo de homem que não vai mais ao túmulo. Assim, o segredo não pesa apenas na amizade entre eles, mas também se Asai conseguirá manter o segredo pelo resto da vida e se Ishikura confiará no seu silêncio.

Por que ver?
A trama é interessante e bem amarrada.

Vale a pena? O traço é antigo.

Onde encontrar:
Pode ser encontrado online na Mangá PT.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.