Header Ads

Resumo da Semana #10

Eu tentando acordar cedo as segundas.
Primeiro resumo do ano, animados? Eu coloquei alguns mangás em dia, comecei ver algumas outras coisas, rever e reler coisas que já tinha visto e por ai vai, webtoons se tornaram meu novo vício, como vocês poderão ver a seguir. E vocês? Contem o que andam vendo!


  • Mitsuami no Kamisama
Com um traço delicado que lembra desenho de criança, o mangá conta, através dos diálogos entre os objetos da casa, o dia-a-dia de uma garota sem nome que sobreviveu a um tsunami e desastre nuclear no Japão e vive isolada. A obra parece boba, seja pelo traço ou pelo tom infantil da interação entre os objetos, mas na verdade, é bastante complexa, filosófica e impactante. Farei uma review em breve.

  • Tamen De Gushi
Webtoon chinês muito fofo que conta sobre o amor de Sun Jing e Qiu Tong, duas garotas que estudam em colégios diferentes, mas acabam se conhecendo e se apaixonando uma pela outra. Bom, Sun Jing é apaixonada, já os sentimentos de Qiu ainda não são muito claros. Achei bem engraçado e bonitinho.

  • Hey, Your Cat Ears Are Showing!
Webtoon chinês (venho lendo vários) que mistura comédia, slice of life e um shounen-ai quase imperceptível para contar o dia-a-dia de dois colegas de quarto, sendo um deles um gato, numa versão meio antropomórfica.

  • Mosspaca Advertising Department
Webtoon chinês que conheci por causa de 19 Days. A história é bizarra e se foca no dia-a-dia dos funcionários da Mosspaca, um estúdio de desenvolvimento criativo. O curioso é que os funcionários do lugar são o Moss, Old Xian (responsável por 19 Days) e Tan Jiu (autor de Tamen De Gushi) o que faz com que os personagens de suas obras apareçam de figuração e situações muito estranhas aconteçam.

  • Shounen Oujo
Albert é um garoto pobre que vive em um país onde apenas as mulheres da família real se tornam regente. Certo dia, ele conhece Alexia, princesa destinada ao trono, só que, eles são exatamente iguais. Misturando comédia, gender bender e tramas políticas que vão ficando mais interessantes com o desenrolar da trama, o mangá me chamou a atenção. O traço não é nada demais e a trama apesar de um pouco boba, tem bons momentos quando focada nos conflitos políticos.

  • Toaru Majutsu no Index
Finalmente terminei! Eu tinha lido meio por cima, mas essa semana, pacientemente li tudo com calma e realmente é bom. TAMNI é cheio de defeitos e mau aproveitamento de personagens, mas no final, o autor soube mesclar muito bem o embate entre magia e ciência e os últimos capítulos da novel realmente compensaram. Agora é partir para o New Testament (que imagino que demorarei outra vida para terminar).

  • High Score Girl
Eu conheci o mangá muito antes de planejar lê-lo por conta das polemicas envolvendo a SNK que processou a Square Enix (responsável pela revista onde o mangá sai) por conta de direitos autorais. O traço é bem estranho e datado, mas imagino que seja proposital, já que a trama se passa no começo da década de 90, no auge da era arcade. Como curto games, estou gostando bastante da história e das referências.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.