Header Ads

Resumo da Semana #28

Não, eu não mudei a seção para segunda, mas como fui viajar e voltei só o pó, cai na cama e dormi feito uma pedra, o Resumo da Semana dá as caras só hoje. E chega com poucos títulos porque os mangás ainda estão no ritmo da Golden Week. Sem mais delongas porque estou na dúvida se começo a ver Ajin (só porque tá no Netflix) ou não. Se você já viu dê sua opinião nos comentários se é bom.

  • Bleach #673
E o que aconteceu no capítulo? Nada, absolutamente nada. Teve uma conversa do Ichigo com Yhwach que não acrescentou nada na trama e só. Eu ainda não sei como Kubo consegue aproveitar tão mal 18 páginas. Aparentemente a luta seguirá o clássico contraste entre preto e branco que o autor tanto gosta. Para não dizer que foi um desperdício total, a cena do Renji e a Rukia encontrando com o Histugaya foi bem engraçadinha.

  • Nanatsu no Taizai #173
Se em Bleach não aconteceu nada, em Nanatasu aconteceu até demais. Meliodas ainda no demo mode arregaçando com os Mandamentos enquanto o resto do pessoal (e não são poucas pessoas) ficou só olhando. A treta realmente pegou quando Growther disse sentir uma presença maligna e todos os outros Mandamentos apareceram no lugar, com o dark Meliodas (não me lembro do nome do personagem, mas é igual ao Mel só que dumal) liderando a ação. Se tem uma coisa ruim em Nanatsu é que os vilões não são carismáticos, quase todos os animes/mangás shounen que leio mesmo que os vilões tenham objetivos batidos consigo criar certa empatia por alguns deles, mas em NnT, o legal mesmo era ver eles atrás dos Pecados, os vilões pareciam só para encher linguiça.

  • Enen no Shouboutai #30
Em tese o capítulo foi bom, mas na verdade foi tão mais ou menos que eu lembro vagamente do que rolou. A luta do Shinra continuou com o Rekka, enquanto o Karin foi atrás deles e no fim salvou a bunda do nosso herói com seu poder de congelamento. Algumas informações foram reveladas, como o lance de trazer salvação a humanidade através dos humanos de chamas e se unir ao Segundo Sol (gosto das carinhas que autor desenha nos seres celestes). Mas o final teve um plot twist e tem tudo parece ser um capítulo ótimo o da próxima semana (espero que tio Okubo não me decepcione e honre o trabalho que fez em Soul Eater).

  • Kono Oto Tomare! #38
A autora tem mandado muito bem em fazer os leitores criarem empatia com todos os personagens. Não importa que a Akira é irritante e só quer cortar o barato do pessoal do clube de Koto, os capítulos focados em suas motivações foram muito bons. Assim como dos outros membros de outros clubes e por ai vai. Eu gostaria que ela focasse mais no trio de amigos “marginais” do Chika.

  • Handa-kun #15
De tempos em tempos eu leio slice-of-lifes bizarros e Handa-kun é um desses casos. A premissa é interessante sobre o garoto popular que acha que todos os odeiam. Handa é um brilhante estudante de caligrafia, mas tem péssimo relacionamento social e por conta disso, acha que todos os odeiam quando na verdade, o pessoal o idolatra. A trama é um pré dos acontecimentos de Barakamon. É mais engraçado, mas falta um pouco do charme campestre da obra original.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.