Header Ads

Mars no Kiss

Yukari é uma garota rebelde que passa a sentar ao lado de Miki, a garota perfeita, mas vai descobrir que a miss perfeição também tem segredos.
Mídia: mangá
Publicação: 2008
Volumes: 1
Autor: Kyohara Hiro
Demografia: Yuri/Shoujo-Ai
Gêneros: Escolar, Drama, Romance

Sinopse: Yukari é uma adolescente rebelde, com problemas familiares e que namora um cara muito mais velho. Já Miki é a aluna perfeita, com uma personalidade calma, mas que nunca teve um namorado. Quando as duas passam a sentar lado a lado no início do ano letivo, Yukari imagina que seus dias escolares serão uma chatice, mas descobre que Miki tem vários segredos a esconder.

Comentários: Eu não sou grande leitora de yuri, mas achei Mars no Kiss uma história muito boa. A história tem abordagem bem madura, mostrando como duas garotas distintas, que vivem realidades diferentes, podem compartilhar os mesmos medos e anseios, e desenvolver um profundo laço de amizade.

Apesar do choque inicial entre as duas, a relação avança até Yukari perceber que desenvolveu um grande afeto pela amiga, maior até do que poderia imaginar. Todo o mangá trabalha com sugestões, assim nada é realmente concreto. As verdades de Yukari no começo são ilusórias, o amor que sentia pelo namorado se prova vazio desde o primeiro segundo deles juntos no mangá, mas ainda assim Yukari tenta induzir o leitor de que está feliz com essa situação. Os sentimentos que passa a sentir por Miki, que nem ela mesma sabe precisar e a amizade que se forma no final, que parece firme, mas distante, nunca confirma ao leitor como realmente a situação entre elas terminou.

A arte é bonita, com grandes quadros por página e muitas páginas sem texto, apenas para o leitor sentir o mesmo que as auguras das personagens.

Por que ler? É uma obra inteligente e madura, a construção da relação das meninas é muito delicada.

Por que não ler? Para quem não gosta de cenas explícitas, não recomendo, pois aparecem muitas cenas de sexo entre Yukari e o namorado.

Onde encontrar: Pode ser lido em português na MangáPt.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.