Header Ads

Kyo no Kira-kun

A garota descobre que o garoto mais popular de sua classe tem uma doença grave e deve morrer em breve. Apesar de não serem amigos, ela decide tornar seus dias mais agradáveis.
Mídia: mangá
Publicação: 2011 - 2014
Volumes: 9
Autor: Mikimoto Rin
Demografia: shoujo
Gêneros: romance, drama, escolar

Sinopse: Kira Yuiji é um garoto popular que está fadado à morte por causa de uma grave doença. Assim, em menos de um ano, ele partirá desse mundo. Embora seja sua vizinha, Okamura Nino nunca conversou com ele até descobrir seu segredo. A partir desse ponto, ela tenta tornar os dias do rapaz mais interessantes, mas isso acaba criando um elo entre eles.

Comentários: Como disse meu marido que estava me vendo ler o mangá: nossa que traço levinho. E a leveza do traço representa e permeia toda a história.

A trama gira em torno da aproximação de Nino com Kira, ela é uma garota fofa e solitária que é acompanhada por seu papagaio, a quem ela carinhosamente chama de Sensei. Nino é antissocial e tem grande complexo de inferioridade por ter sofrido bullying na escola. Já Kira, a princípio, age como um playboy: revoltado e inteligente, o tipo popular que faz tudo o que quer. Mas que nunca teve uma amizade sincera, que acaba encontrando ao se aproximar de Nino.
Nino e Sensei

É muito interessante que cada um tem uma visão preconcebida do outro, Nino achava que ele era solitário, enquanto Kira acreditava que a menina menosprezava sua vida, que se sentia incapaz de tudo e pior do que todo mundo. No final, eles acabam conhecendo os verdadeiros temores um do outro e passam a se ajudar na tentativa de superar suas dificuldades.

O relacionamento deles é lento e fofo, mas não chega a ser muito aprofundado. Talvez a relação mais destrinchada seja entre Kira e Yabe. Eles são amigos há muito tempo, mas Kira acredita que Yabe está ao seu lado por puro interesse. A maneira como eles se confrontam e se acertam é o ponto alto do mangá.

Destaque para Sensei, que fala pelos cotovelos e aconselha e conforta Nino, ele é só um papagaio, mas é o mais inteligente e sensato da trama. Rei-chan também merece alguns méritos, ela surge meio que como uma rival de Nino, mas acaba se mostrando uma grande amiga que faz de tudo pelo bem das pessoas que ama, mesmo que de forma muito estranha e torta.

O final acabou sendo meio previsível, com todos fazendo exatamente o que seus papeis mandavam, mas não que tenha sido ruim, longe disso. Ficou bastante satisfatório, principalmente o do Sensei.

Por que ler? Triste, melancólico e intimista.
Por que não ler? Pouco desenvolvimento dos personagens secundários.
Onde encontrar: Pode ser lido espanhol na Submanga.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.