Header Ads

Devilman: Crybaby

Quando começou 2018, peguei Monster para assistir, para iniciar o ano com pé direito. Mas, tendo 75 episódios e uma trama carregada, estou estacionado no episódio 24 hoje, vendo bem devagar e apreciando bastante. Tudo andaria de acordo com meus planos, porém, eis que a Netflix lança uma bomba na sexta-feira: lança Devilman Crybaby e seus 10 episódios, completo e tem dublado.
Mídia: anime
Exibição: 2018
Episódios: 10
Estúdio: Science SARU
Demografia: Seinen
Gêneros: Ação, Horror, Demônios, Sobrenatural

Sinopse: O desenho conta a história de Akira Fudo, um estudante do ensino médio que é fraco, chora ao ver pessoas chorando e faz parte de um clube de atletismo. Seus pais vivem viajando, então ele vive com uma família de amigos de sua mãe, que incluem Miki Makimura. Um dia, ele reencontra um amigo de infância, Ryou Asuma, que pede para que ele o siga para uma festa demoníaca. E nesta festa que sua saga começa...

Comentários: Embora este seja o meu primeiro contato, a franquia Devilman é bem sucedida, que conta vários mangás lançados desde 1972, escrita por Go Nagai, mangaka premiado com mais de 50 anos de carreira. Para agregar mais qualidade a staff do anime, foi chamado para dirigir o anime Masaaki Yuasa, famoso diretor de animação conhecido por grandes trabalhos como Tatami Galaxy, Kaiba e recentemente, Ping Pong: The Animation.



Devilman: Crybaby é um seinen com S maiúsculo. Ele transcende todas as barreiras que são impostas nas classificações indicativas. Nudez, Violência, Drogas, tem de tudo no anime. Além disto, ele possui uma temática demoníaca (pelo nome já dá para adivinhar) e ainda mexe um pouquinho com religião. Se algum destes assuntos lhe incomoda, mesmo que ligeiramente, eu não recomendo este anime. É bem possível que a pessoa que assista este anime tenha um desconforto, mesmo gostando de obras que tocam nessas ideias.

O traço da obra é bem diferente do convencional que vemos pelo mercado, que é a marca do diretor que o produziu. Mas esta diferença é um ponto positivo, fazendo com que as batalhas e cenas de ação se tornem bem características, sendo algumas bem marcantes. A trilha sonora é outro detalhe que causou bastante impacto. Seja com uma piano acalmador, com uma eletrônica dançante ou um rap com letra de conscientização social, as musicas causam uma imersão enorme, que intensifica a experiência e os sentimentos causados ao assistir o anime.

O enredo não fica para trás, com uma história bastante envolvente e polêmica. Todo episódio te deixa com curiosidade para o próximo. Ele não é um desenho preguiçoso, que enrola para desenvolver os eventos, eles ocorrem de maneira bem dinâmica, evoluindo o ritmo e os personagens de maneira gradual, com muita reviravolta. A obra ainda faz referência ao anime antigo, que é referenciado como uma animação no mundo do desenho.

Por que ver? Possui um ritmo alucinante com um final decente, cenas marcantes e bons personagens.
Por que não ver? Anime bastante chocante, pode desagradar o excesso de violência e nudez.
Onde encontrar: Netflix.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.