Header Ads

Cut

Sakaguchi mantém um relacionamento com seu padrasto. Quando Yukimura descobre o segredo de Sakaguchi, o outro imagina que seu mundo virá abaixo, mas na verdade, eles descobrem ter mais afinidades do que aparentam.
Mídia: mangá
Publicação: 2003
Volumes: 1
Autor: Kawai Touko
Demografia: yaoi/shounen-ai
Gêneros: drama, romance

Sinopse: Sakaguchi é um garoto carismático, mas que secretamente, mantem um relacionamento perigoso e abusivo com seu padrasto. Enquanto isso, Yukimura é um rapaz que sofreu traumas na infância e sempre se sente sobrando. Quando acidentalmente, Yukimura descobre o segredo de Sakaguchi, o outro imagina que seu mundo virá abaixo, mas na verdade, eles descobrem ter mais afinidades do que aparentam.
Sakaguchi e Yukimura

Comentários: Eu realmente não entendo como esse mangá tem uma pontuação tão alta no MAL, ele não é ruim, mas com certeza não é tudo isso. A trama acompanha, paralelamente, o dia a dia de Sakaguchi e Yukimura, cada um com sua vida e problemas pessoais. Sakaguchi se sente culpado pela morte do pai, por isso, tenta acusar o máximo de dor em si próprio, seja cortando os pulsos ou se prendendo em um relacionamento abusivo.

Do outro lado, Yukimura carrega vários traumas de infância por ter sido rejeitado pela mãe, e ele acredita que os tios, que agora cuidam dele, vão acabar por rejeitá-lo em algum momento. Apesar dessas diferenças, os dois garotos acabam se aproximando e se envolvendo amorosamente, como se a companhia um do outro diminuísse a dor que sentem.

É fofo, mas ao mesmo tempo um tanto frívolo, a aproximação é muito rápida, Sakaguchi é muito dependente e você não consegue realmente sentir que eles se apaixonam, como a autora tenta entregar, parece mais que eles estão juntos por conveniência, e seria um final muito mais digno se assim fosse. O traço não é dos mais bonitos e a maioria dos personagens adultos, com exceção dos tios do Yukimura, parecem existir só para serem odiados.

Por que ler? Plot interessante.
Por que não ler? Desenvolvimento ruim e forçado.
Onde encontrar: Em inglês pela Mochi*Mochi.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.